domingo, 16 de junho de 2013

Passageiros invertem caminho para embarcar em trens vazios no Metrô


Fonte: G1

Passageiros do Metrô em São Paulo adotaram a estratégia da chamada viagem negativa para tentar viajar com mais conforto. Eles seguem o caminho inverso para pegar um Metrô vazio. Apesar de demorar mais para chegar ao destino, os usuários dizem que vale a pena.

As irmãs Bete e Eliana Américo dos Santos, que moram no Jardim Helena, no extremo da Zona Leste, resolveram adotar a medida para pegar o Metrô mais vazio.

Às 5h30, as duas já estão dentro do ônibus para chegar ao Metrô. Elas seguem pelo sentido Corinthians-Itaquera quando deveriam seguir no sentido Palmeiras-Barra Funda. Elas chegam a esperar sete trens para poder conseguir sentar num vagão vazio. “Descemos na [estação] Guilhermina-Esperança para pegar o trem vazio”, conta Bete.

Ao todo, a viagem das irmãs até o destino final dura duas horas. “Não importa que espere meia hora, mas vale a pena", afirma Bete.

O Metrô não sabe quantas pessoas fazem a viagem negativa por dia em toda rede, nem divulga as estações onde alguns trens entram vazios no sistema. Segundo a companhia, a estratégia de colocar trens vazios é adotada em horários de pico e em trechos sobrecarregados das linhas Azul, Verde e Vermelha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores