terça-feira, 21 de maio de 2013

Metroviários podem decretar Estado de Greve no dia 22


Fonte: Sindicato dos Metroviários

Os metroviários podem decretar Estado de Greve na assembleia que realizarão na próxima quarta-feira (22), a partir das 18h30, na sede do Sindicato, no Tatuapé.

Em campanha salarial – a data-base da categoria profissional é maio – os metroviários já realizaram cinco reuniões com a empresa, mas o Metrô recusou todas as reivindicações propostas.

No dia 22 de maio, o Metrô comprometeu-se em apresentar suas contrapropostas para os reajustes salariais. A reunião será realizada no Hotel Excelsior (avenida Ipiranga, 770), a partir das 9h30.

As principais reivindicações dos metroviários são reposição salarial de 7,30%, aumento real de 14,16%, reajuste de 24,3% no vale-refeição, aumento do vale-alimentação para R$ 382,71, equiparação salarial (trabalho igual, salário igual) e PR igualitária sem imposição de metas.

Já foram descartadas pela empresa as seguintes reivindicações dos metroviários: equiparação salarial, jornada de 36 horas, plano de carreira e a readmissão dos trabalhadores demitidos em 2007.

Um comentário:

Gerson Rigras disse...

Tomara que o METRÔ atenda as reivindicações dos trabalhadores e ao mesmo tempo não tenha greve, que prejudica toda população.

Postar um comentário

Seguidores