segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Linha 6 do Metrô deve ter 15,9 km de extensão


Fonte: R7

O governador Geraldo Alckimin (PSDB) anunciou, nesta quarta-feira (31), o edital para a licitação das obras de implantação e manutenção da Linha 6-Laranja, que prevê 15,9 quilômetros de extensão. A operação deve ser realizada por meio de PPP (Parceria Público-Privada), ou seja, as empresas interessadas devem apresentar a proposta comercial vantajosa e, desta forma, podem adquirir a concessão patrocinada do projeto. A expectativa é de que as obras sejam iniciadas em 2014 e concluídas em 2020.

O plano de obras da Linha 6 ligará a Vila Brasilândia, localizada na zona norte da capital, à estação São Joaquim, da Linha 1-azul. A implantação atenderá os bairros de Brasilândia, Freguesia do Ó, Pompeia, Perdizes, Sumaré e Bela Vista, com integração as linhas 7 e 8 da CPTM, futura estação Água Branca; Linha 4, com a estação Higienópolis- Mackenzie e Linha 1, na estação São Joaquim.
Além de incluir os planos de construção, o edital de obras da Linha 6 envolve a manutenção entre os trecho de Vila Brasilândia e Bandeirantes.

A extensão já é conhecida como linha das universidades que beneficiará centros universitários: Unip (Universidade Paulista), PUC (Pontifícia Universidade Católica), Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), Mackenzie e FMU (Faculdade Metropolitanas Unidas).

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, a expectativa é que a linha transporte mais de 630 mil passageiros por dia. Ainda segundo o governo, cerca 12 mil empregos serão gerados durante as obras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores