terça-feira, 27 de novembro de 2012

Obras do Metrô travam a região de Moema


Fonte: Diário de São Paulo

As obras de extensão da Linha 5-Lilás do Metrô têm congestionado o trânsito em Moema, na Zona Sul da capital, onde será implantado o trecho que ligará o bairro até o Hospital São Paulo, na Vila Clementino.

Por conta da construção, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) interditou duas das três faixas da Avenida Ibirapuera, sentido bairro-Centro, entre as avenidas Jamaris e Moema, só permitindo o acesso aos ônibus e táxis. Um desvio como alternativa para os demais veículos foi implantado pela Avenida Jamaris, Alameda Iraé e a Praça Nossa Senhora Aparecida (veja o mapa abaixo).

No entanto, as vias ficam travadas e deixam o motorista por mais tempo no trânsito. É o caso do  técnico de manutenção Wagner Barbosa, de 46 anos. “Demoro pelo menos 15 minutos para fazer o desvio. É um transtorno”, disse.

Quem também sofre com as intervenções é a moradora de um condomínio localizado na Avenida Jamaris, Priscila Bazan, 36 anos. Ela reclamou do fluxo intenso de veículos, principalmente no horário de pico, e do aumento dos acidentes. “Isso aqui virou um inferno. Essa rua era tranquila. Não pensaram em como o  trânsito seria impactado, sem contar nas batidas de veículos que ocorrem eventualmente.”

O gerente predial Eliseu Boaretto, 50 anos, contou que, após o início das obras, os moradores passaram a se queixar por causa do barulho que acontecia na madrugada. “Tive uma reunião com o Metrô recentemente. Por enquanto, o ruído vai até as 22h.”

Outro Lado/ A CET afirmou que conclusão dos trabalhos e a liberação das pistas está prevista para 2015. Em relação ao aumento dos acidentes, preferiu não comentar. O Metrô não respondeu ao DIÁRIO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores