quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Metrô garante funcionamento do SMS-Denúncia


Por Diego Silva

O Metrô mostra cada vez mais o respeito com seus passageiros. Diariamente, quatro milhões de pessoas utilizam os 150 trens da Companhia para se deslocar na metrópole, fazendo deste, um dos metrôs mais lotados do mundo. São quatro milhões de gestos e atitudes diferentes, o que nem sempre traz a completa segurança de pessoas conscientizadas. Sempre haverá alguém com um pensamento diferente, em estragar ou tentar denegrir o sistema.

Pensando nisso, o Metrô adotou o serviço de SMS-Denúncia (utilizado anteriormente pela CPTM), para que os usuários pudessem informar aos responsáveis sobre possíveis irregularidades no sistema. O serviço, assim como qualquer outra iniciativa feita pelo Metrô, é de excelente funcionalidade. Em todas as vezes que precisei usar, fui prontamente atendido, mostrando a agilidade e competência dos funcionários e pessoas envolvidas nesse trabalho.

A critério de curiosidade, nos últimos dias, enviei três mensagens: a primeira, sobre comércio irregular na estação Santa Cecília. Em menos de dois minutos, surgiram seguranças sabe Deus de onde e coibiram a prática. A segunda, relativo a pedintes na estação Brás, onde fui atendido em cerca de quatro minutos. A última, mais recente, sobre usuários com os pés nos assentos: na estação seguinte, agentes entraram na composição e pediram gentilmente que os usuários colocassem os pés no piso do trem. Isso se chama eficácia.

Ou seja, se você presenciar alguém vandalizando trens ou estações, pedintes, comércio ambulante ou qualquer outra situação que fuja do cotidiano normal, envie um SMS com toda a descrição (número do carro, linha, sentido, próxima estação e o que está acontecendo) para 973 332 233. O sigilo é absoluto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores