segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Metrô de SP firma contrato com Alstom e Thyssen-Krupp


Fonte: Valor Econômico

Um consórcio composto pela francesa Alstom (72,43% de participação) e pela alemã Thyssen-Krupp (27,57%) firmou um contrato de 40 milhões de euros com a Companhia do Metropolitano de São Paulo, o Metrô.
 
A sociedade fornecerá a infraestrutura da segunda fase da Linha 4-Amarela, cujos investimentos são realizados por um modelo de parceria público-privada (PPP). A operação é feita por uma subsidiária do grupo de concessões CCR (por sua vez, controlado por Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Soares Penido).

O governo do estado de São Paulo se comprometeu a fazer a maior parte dos investimentos e a ViaQuatro, controlada pela CCR, fará a menor parte dos desembolsos (como em trens e sistemas) em troca de receitas de exploração da linha. O contrato da ViaQuatro tem 30 anos de vigência.

Segundo a Alstom, a companhia será responsável por mais de 70% do contrato, o que inclui o fornecimento de energia, telecomunicações (estações de monitoramento para câmeras, sistema de telefone e de som nas estações), sistema de controle local (informações da estação para o centro de controle) e sistemas auxiliares (detecção de incêndios, iluminação, ventilação das salas técnicas e equipamentos para o pátio).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores