quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Em 2018, metrô chega ao limite de SP com Guarulhos


Fonte: Estadão

Segundo maior município da Grande São Paulo, com 1,2 milhão de habitantes, Guarulhos terá uma estação de metrô em suas imediações em 2018. Na segunda-feira (15), o secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, anunciou o cronograma de extensão da Linha 2-Verde, entre a Vila Prudente, na zona leste, e a região da Via Dutra, na zona norte da capital.

O edital para construção do ramal, de 13,5 quilômetros de comprimento e 12 estações, será publicado na quarta-feira (17). De acordo com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), as obras de R$ 7,7 bilhões, que incluem a aquisição de trens, estão previstas para começar no segundo semestre de 2013. Quando a linha ficar pronta, o número de passageiros por dia saltará dos atuais 600 mil para 1,12 milhão.

A estação mais ao norte do ramal, a Dutra, ficará a cerca de 400 metros do limite de Guarulhos e deverá atender passageiros da cidade vizinha à capital. Contudo, a antiga reivindicação da população de um metrô no centro, a 5 quilômetros da Estação Dutra, ainda não será atendida.

Uma das possibilidades avaliadas pelo Metrô é a de começar a construir em Guarulhos a futura Linha 19-Celeste, entre a Avenida Presidente Tancredo Neves e o Campo Belo, na zona sul. Ainda não há prazos definidos.

Expansão
O diretor da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), Rogério Belda, diz que, quando a Companhia do Metropolitano surgiu, ela pertencia à Prefeitura de São Paulo. "À medida que passou para o Estado, começaram a estudar linhas para outros municípios. Mas como fazer isso se a linha ainda não chega nem lá perto? Essa é uma etapa. Depois, fazem as extensões necessárias", diz, referindo-se à expansão da Linha 2-verde.

O prolongamento dessa linha a partir da Vila Prudente, que até setembro era chamada de Linha 15-Branca, será dividido em duas etapas. A primeira, até Anália Franco ou Vila Formosa, ficará pronta em 2017, afirmou ontem Fernandes. A outra, até a Dutra, estará finalizada no ano seguinte. O estudo de impacto ambiental foi concluído em 2011. A operação da linha será feita pelo Metrô, não por consórcios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores