quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Alckmin reduz tarifas de duas linhas de trem e metrô


Fonte: Revista Ferroviária

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou ontem desconto em tarifas de uma linha de trem e outra de metrô e gratuidade em uma integração de ônibus, que irão beneficiar os moradores da zona sul de São Paulo.

A região reúne 3,5 milhões de pessoas, ou quase um terço da população paulistana. Para obter os benefícios, válidos a partir de 15 de outubro é preciso ter o Bilhete Único.

As tarifas da linha 5-lilás do metrô (Capão Redondo a Santo Amaro) e da linha 9-esmeralda da CPTM (Grajaú a Osasco) cairão de R$ 3 para R$ 2,50, das 9h às 10h, em dias úteis. O pico nessas linhas ocorre das 7h às 9h.

Já a integração com ônibus passará a ser gratuita para o usuário no terminal do Largo Treze, em Santo Amaro.

Hoje, quem chega de metrô ou trem paga R$ 1,65 para embarcar em um ônibus. A tarifa também é cobrada do passageiro que chega ao local de ônibus e prossegue viagem de metrô ou de trem.
Entre as 55 linhas que saem do terminal estão várias que atendem áreas comerciais como as avenidas Faria Lima e Luís Carlos Berrini.

O anúncio de Alckmin ocorre em meio ao acirramento da campanha eleitoral pela prefeitura, na qual apoia o candidato tucano José Serra.

Uma das principais propostas do rival Fernando Haddad (PT) é criar o Bilhete Único Mensal, que terá custo fixo de R$ 140 por mês e pode beneficiar, segundo o partido, 5,5 milhões de pessoas.

A zona sul é uma das regiões mais carentes de transporte público. Ontem de manhã, protesto por melhorias do serviço fechou o terminal de ônibus do Jardim Ângela por cerca de três horas.

'Conforto'
Segundo o governador, a medida tem apenas o objetivo de reduzir a lotação nas estações Pinheiros e Santo Amaro, na linha 9 da CPTM.

Hoje, boa parte dos usuários vai de metrô (linha 5) de bairros como Capão Redondo e Campo Limpo, no extremo sul, desce em Santo Amaro (onde o ramal acaba) e segue pela linha 9 até a estação Pinheiros, onde se conecta à linha 4-amarela do metrô.

Os benefícios valem até 2015, quando deve ser concluída a extensão da linha 5 -do Largo 13 à Chácara Klabin-, prevista para desafogar as linhas da zona sul. As obras estão em andamento.

Para o governador, as pessoas hoje preferem descer nas estações Pinheiros e Santo Amaro, que são um entroncamento de metrô e trem, para economizar. "Com a integração gratuita com ônibus no Largo Treze, podem continuar economizando, mas com mais conforto", afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores