sexta-feira, 24 de agosto de 2012

SP quer encerrar mandato com R$ 8 bi em metrô e trens


Fonte: Revista Ferroviária

O governo do Estado de São Paulo pretende chegar ao último ano de mandato (2014) com investimentos de pelo menos R$ 8 bilhões no metrô da capital e no sistema de trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

No ano passado, os recursos somaram R$ 2,9 bilhões e neste ano devem ficar próximos de R$ 5 bilhões. As afirmações foram feitas nesta quarta-feira pelo secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Jurandir Fernandes, que participou de evento no Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (SEEP). "É um desafio enorme, mas tem de ser feito", disse.

Fernandes disse que hoje o Estado já possui financiamentos contratados de cerca de R$ 14 bilhões para projetos no setor e que até dezembro esse número deve subir para R$ 18 bilhões.

Durante palestra, ele fez uma ressalva sobre o sistema de tarifa integrada para os usuários do metrô e da CPTM. De acordo com ele, no começo da década, 64,2% dos usuários da CPTM eram pagantes diretos do sistema. Hoje, devido à integração com as estações do metrô, esse porcentual recuou para 55,7%. "Há de se rever com muito cuidado a política tarifária", afirmou.

3 comentários:

Cipollini disse...

Isso é realmente ótimo de se ouvir, especialmente se todos esses projetos saírem do papel e se tornarem realidade para a população de São Paulo.

O que me deixa um pouco triste é que a região sul de São Paulo - Interlagos e bairros adjacentes, carecem de investimentos de transporte de massa. Se olharmos o mapa de expansão do metrô a linha mais próxima hoje é a 5 lilás. Não ouço dizer de nenhum estudo ou projeto de linha de metrô para essa região que é carente deste tipo de transporte. Garanto que o problema não e falta de demanda, mas de vontade política. :( Espero um dia poder pegar metrô próximo de minha residência na Av. Interlagos.

ALEXANDRO disse...

tomara que o governo federal ajude também! e acabe esta "picuinha" entre os partidos políticos!

Diego Silva disse...

Eu acho que nessa gestão, o governo federal ainda não vai ajudar tanto o Governo Estadual Paulista, pois todos os anos o GESP se vira para poder investir no Metrô.

Postar um comentário

Seguidores