sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Linha 15 deverá ajudar quase um milhão de usuários


Fonte: Portal Mobilize

Além, disso, Alckmin anunciou também o edital de obras para a construção da Linha 15 - Branca do metrô na capital paulista que, segundo o Governo do Estado, beneficiará 900 mil pessoas.

"No dia 31 de agosto, sexta-feira, nós lançaremos o edital de pré-qualificação de uma nova linha do metrô, que é a Linha 15 - Branca, que sai de Vila Prudente e, com mais de 13 km de extensão, passa por 17 novas estações, como Vila Formosa, Tatuapé, Tiquatira e vai até a Dutra. Vamos ter uma estação na beira da Dutra", afirmou o governador do Estado de São Paulo.

De acordo com Alckmin, hoje em dia, o metrô tem 74 km de linhas, além dos 58 km em obras. São 24 km na Linha 2, outros 4 km na Linha 4, mais 11,5 na Linha 5 e outros 18 km de monotrilho na Linha 17. O governador disse ainda que existem 67 km de obras programados, sendo 34 km na Linha 6, mais 20 km na Linha 18 e outros 13 km na Linha 15.

A ideia do governo paulista é iniciar as obras da Linha 15 - Branca ainda no primeiro semestre de 2013. "Não é PPP (parceria público-privada). É obra pública e esperamos no primeiro semestre do ano que vem dar início às obras. Será a quinta linha em obra do metrô. E esperemos lançar mais duas linhas, a 6 e a 18, mas essas um pouco mais pra frente", explicou Alckmin.

O secretário de transportes do Estado, Jurandir Fernandes, também esteve na inauguração dos trens e disse que a nova Linha Branca deverá ser entregue em 2016, beneficiando 900 mil usuários. "Essa linha vai aliviar muito a Linha 3 - Vermelha. Queremos lançar o mais rápido possível, mas uma obra de metrô é muito demorada. O que já passou foi bem demorado, mas agora vamos contratar a obra. Serão 17 estações enterradas, integrando a Linha 2, a Linha 3, a futura Linha 6 e a Linha 12 da CPTM", afirmou Fernandes.

O secretário disse ainda que o custo total de uma obra desse tipo é orçado em R$ 4 bilhões. "O custo que estamos falando é da obra civil, que é de R$ 1,2 bilhão. Não estamos colocando frota, sinalização, etc. Hoje, uma obra toda enterrada está em torno de R$ 450 milhões, portanto o custo global dela com tudo fica em torno de R$ 4 bilhões", explicou.

Com a entrega desses três novos trens, o número de carros entregues chega a 77. De acordo com o Governo do Estado, outros 28 estarão em uso gradativamente até 2013. "Vamos ter três novos trens todo mês, então completaremos 105 trens, cada um com oito carros e todos zero km", disse Alckmin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores