quarta-feira, 23 de maio de 2012

Greve Metrô 2012: linhas do Metrô funcionam parcialmente

Passageiros tentam viajar nos ônibus: greve do Metrô afeta milhões
Fonte: Terra

Apesar da previsão de paralisação total nas linhas do Metrô na manhã desta quarta-feira por causa da greve dos metroviários anunciada ontem - apenas a linha 4-Amarela funcionaria nesta quarta, por pertencer a um consórcio público-privado -, as linhas começaram a operar pouco depois do horário normal. De acordo com a CPTM, as linhas 11 e 12 estavam paralisadas no começo da manhã.

A SPTrans informou que acionou o Plano de Apoio entre Empresas de Transporte Frente a Situações de Emergência (Paese), para as linhas 11 e 12, por causa da paralisação. São 60 ônibus para Guaianases até o Brás (Linha 11) e do Itaim Paulista ao Brás (Linha 12). A linha 5-Lilás começou a operar às 5h10 em toda a sua extensão (Capão Redondo - Largo Treze). A linha 2-Verde, por sua vez, teve início às 5h20, mas apenas entre as estações Ana Rosa e Clínicas.

O Metrô informou que operavam parcialmente as linhas 1-Azul, no trecho entre as estações Ana Rosa e Luz, 2-Verde, entre as estações Ana Rosa e Clínicas, 3-Vermelha, entre as estações Bresser-Mooca e Santa Cecília, e a Linha 5-Lilás, na manhã de hoje.

Todas as linhas operam com velocidade reduzida. Com isso, o sindicato já passa a ignorar a ordem da Justiça, que determinou 100% do efetivo nos horários de pico, compreendidos entre 5h e 9h e 17h e 20h, e 85% nos demais horários. A multa é de R$ 100 mil para cada dia parado. A operação do Metrô está sendo realizada com funcionários que não aderiram à greve e com seu quadro administrativo que auxilia nas estações e bilheterias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores