sábado, 14 de abril de 2012

Inauguração da fábrica marca início da produção de Monotrilhos

Monotrilho da Linha 2-Verde começará a ser construído
Fonte: Governo do Estado de São Paulo
Fotos: José Luis da Conceição/GESP

A inauguração da primeira fábrica de monotrilhos do Brasil, nesta sexta-feira, 13, em Hortolândia, marca o início da produção dos 54 trens que vão compor a frota do sistema em construção pelo Metrô de São Paulo. 

Para o governador Geraldo Alckmin, essa é mais uma conquista importante para o Estado. “É investimento em transporte de alta capacidade e qualidade para atender o grande desafio metropolitano, que é a mobilidade urbana”, ressaltou. A nova fábrica, da canadense Bombardier, gera 250 empregos.

Alckmin destacou o impacto positivo do sistema de monotrilhos no meio ambiente. Serão 15 ônibus lotados a menos nas ruas, e, consequentemente, menos fumaça e monóxido de carbono na atmosfera. Os moradores do extremo da zona leste da capital vão economizar pelo menos duas horas por dia de viagem com o monotrilho. O primeiro trecho, de Vila Prudente até o Oratório, já em construção, tem inauguração prevista para 2013.

O secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, disse que a fábrica representa um reforço na solução da mobilidade dos grandes centros urbanos. “Esta planta representa um empenho, um esforço, uma decisão política fortíssima: a retomada do sistema metroviário.”



Governador, durante discurso na fábrica da Bombardier
Agilidade
O modal é capaz de transportar até 48 mil passageiros por hora e por sentido, o que beneficiará mais de meio milhão de usuários diariamente quando toda a linha estiver em funcionamento, em 2016. São 54 trens e 378 carros na composição do sistema.

O prolongamento da Linha 2-Verde (Vila Prudente – Hospital Cidade Tiradentes) transformará São Paulo na primeira cidade da América Latina a ter o monotrilho como sistema público de transporte de alta capacidade.

A opção de transporte se destaca por ser silenciosa e não poluir o meio ambiente. No total, serão 24,5 km de vias, com 17 estações, que vão funcionar como extensão da Linha 2-Verde do Metrô, ligando a estação Vila Prudente à Cidade Tiradentes.



Confira as fotos do Monotrilho
Trens do Monotrilho serão fabricados em Hortolândia, SP
Interior do veículo: bastante espaço
Mapa de estações: Primeiro veículo pronto em Agosto

Um comentário:

alexandrov disse...

Tomara que a integração com a EMTU em São Mateus seja gratuita, mas tenho a convicção que não será, pois em Jabaquara e na Estação Berrini, ela não é gratis!

Postar um comentário

Seguidores