segunda-feira, 19 de março de 2012

SP irá assinar convênio com Madri para ampliar rede de Metrô


Fonte: Yahoo

A Prefeitura e o Governo de São Paulo assinarão convênio com o Governo espanhol, a Metro Madrid, a Renfe e Aves - responsáveis pelo transporte de trens em Madri - para que as empresas participem da ampliação do projeto da cidade, publicou neste sábado o jornal "O Estado de S.Paulo".

O convênio prevê a participação das companhias espanholas no plano de expansão do metrô paulista, que contempla a construção de 90 quilômetros de linhas férreas até 2018, com investimentos de R$ 60 bilhões.
A operação incluiria a instalação no metrô paulista do sistema de monitoração de Madri, para reduzir o intervalo dos trens em até 20%, revelou a publicação.

O vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, citado pelo jornal, afirmou que o banco Santander, também espanhol, vai financiar a operação.
Afif Domingos explicou que São Paulo quer copiar o modelo do metrô de Madri, que bateu recorde na construção de sua rede de transporte. A parceira, ao mesmo tempo, resolveria a falta de engenheiros que o país padece.

"A forma de suprir essa carência é por meio dessa sociedade conjunta internacional, na qual podemos absorver a capacidade ociosa das empresas europeias e levar uma cultura nova a nossa engenharia", avaliou Afif Domingos.

O vice-governador contou que nos últimos 32 anos foram construídos apenas dois quilômetros de linhas de metrô por ano e garantiu que a meta do Governo é fazer 13 quilômetros por ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores