sábado, 3 de março de 2012

Panes no Metrô já somam 87 e a culpa é dos usuários?


Fonte: STEFZS / ALESP


Após o transtorno causado a milhares de passageiros por causa da falha que paralisou a Linha 4 – Amarela, na manhã desta quarta-feira (29/2), o consórcio ViaQuatro, que opera a linha, responsabilizou os usuários pela paralisação.

Em nota, a empresa informou que a interrupção do sistema ocorreu por conta da falha na alimentação elétrica de um trem perto da Estação Faria Lima, que levou toda a linha a parar. Os usuários teriam sido culpados por terem acionado o sistema de emergência e saído do trem que estava superlotado, escuro e sem o sistema de ar condicionado funcionando.

Seis panes em menos de um ano
A paralisação ocorrida nesta quarta foi a sexta desde que a linha foi inaugurada, em maio de 2010 e o sistema de metroviário da Capital paulista já registra, ao menos, 87 panes graves de dezembro de 2007 até hoje.
Nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa, os deputados integrantes da Comissão de Transportes e Comunicação ouviram o presidente da Via Quatro, Luiz Valença, sobre a pane que paralisou a operação da Linha 4 em 3/10/2011, prejudicando cerca de 75 mil usuários.

Sem esclarecer praticamente nada, Valença ao ser questionado pelos deputados do PT se a concessionária havia sofrido alguma multa ou penalidade, por parte do governo do Estado, pela não operação da linha e não prestação de serviços à população, respondeu que não. Na época da pane no ano passado, o secretário estadual de Transportes Metropolitanos disse que seria aplicada multa.

Novamente, na pane desta quarta-feira, a secretaria informou à imprensa que o contrato com a ViaQuatro prevê perda de receita da empresa em caso de falhas ou paralisações, só faltou informar se irá aplicar a penalidade desta vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores