quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Tribunal de Justiça de SP libera obras da Linha 5


Fonte: Revista Ferroviária

O Tribunal de Justiça de São Paulo autorizou nesta terça-feira, 22/11, a continuação das obras da Linha 5-Lilás do Metrô de São Paulo. O Tribunal manteve, entretanto, a decisão de afastar do presidente do Metrô, Sérgio Avelleda, e a multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento da ordem.
A decisão suspende parcialmente os efeitos da liminar concedida pela juíza da 9ª Vara da Fazenda Pública do Estado, Simone Casoretti, que determinou a paralisação da execução dos contratos entre o Metrô e as empresas vencedoras da licitação da obra, suspeitas de fraude.
De acordo com o presidente do Tribunal de Justiça, José Roberto Bedran, a continuidade das obras evita “grave dano à ordem administrativa, quanto ao regular andamento da licitação de obras públicas, à saúde e à economia públicas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores