terça-feira, 11 de outubro de 2011

Linha 4-Amarela passará a funcionar aos domingos

Trens da Linha 4-Amarela irão rodar aos domingos
Fonte: Metrô

A Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos informa que, a partir do próximo domingo (16/10), a Linha 4-Amarela passará a operar também aos domingos, das 4h40 até à meia-noite, da mesma forma que a operação comercial das demais quatro linhas metroviárias de São Paulo.
Com extensão operacional de nove quilômetros e seis estações, atualmente, a Linha 4-Amarela está sendo implantada em duas etapas. A primeira inclui as seguintes estações: Butantã, Pinheiros, Faria Lima, Paulista, República e Luz, todas já em operação.
No momento, a Linha 4-Amarela transporta aproximadamente 425 mil passageiros por dia. Com a abertura das estações Luz e República no mês passado, que permitem conexões com as linhas 1-Azul e 3-Vermelha, respectivamente, o Metrô já identificou uma sensível redistribuição do fluxo de passageiros na rede, com redução de 12% na estação Sé e de 30% na Paraíso.
Na segunda etapa, prevista para 2013/14, deverão ser entregues as estações Fradique Coutinho, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi, Higienópolis-Mackenzie e, possivelmente, Vila Sônia. Com a conclusão desta fase, a demanda da Linha 4-Amarela é estimada em 970 mil passageiros/dia.

Investimento total de R$ 5,6 bilhões
Na primeira etapa da Linha 4-Amarela, que abrange as estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima, Paulista, República e Luz, foram investidos R$ 3,8 bilhões, incluindo US$ 450 milhões a cargo da concessionária privada, que adquiriu os 14 trens e o sistema de sinalização e controle de tráfego dos trens (CBTC). O investimento total na Linha 4-Amarela será de R$ 5,6 bilhões, incluindo R$ 1,8 bilhão na segunda etapa.
A próxima etapa da Linha 4-Amarela será a conclusão de sua segunda fase: construção de um quilômetro de túnel até a futura estação Vila Sônia, mais a implantação de novos acessos, acabamento de obras civis, instalação de sistemas operacionais e equipamentos em quatro estações: São Paulo-Morumbi, Fradique Coutinho, Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie. A previsão é que as obras restantes sejam finalizadas em 2014. A estação Vila Sônia, ainda não iniciada, será construída junto a um terminal de ônibus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores