segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Extensão da Linha 4-Amarela poderá atrair ainda mais usuários

Trens da Linha 4 do Metrô-SP poderão ganhar mais duas estações
Por Diego Silva

A Linha 4-Amarela, obra tão comentada e noticiada, poderá ganhar uma extensão de seus serviços. Quem acompanhou as notícias recentes da mídia sobre o assunto, soube que o Governo do Estado e a ViaQuatro estão em um estudo conjunto, para determinar a chegada da Linha 4 no Pari (após a Luz) e em Taboão da Serra (após a Vila Sônia).
Isso se deve à possibilidade e necessidade de levar os serviços de Metrô mais longe, integrando todos os pontos possíveis de São Paulo. Em conversa com o presidente do Metrô, Sérgio Avelleda, apuramos que os estudos da chegada da Linha 4 no Pari estão adiantados e que em breve poderão vir novidades. Sobre a chegada em Taboão da Serra, o presidente não soube dar uma data definida, mas disse que os estudos também estão em andamento, não tão adiantados quanto os de Pari.

Mapa da Linha 4-Amarela
A Linha 4-Amarela deverá transportar cerca de um milhão de pessoas por dia, quando estiver totalmente concluída (no trecho entre Luz e Vila Sônia). Com a adição de Pari e Taboão da Serra, esse número poderá crescer um pouco mais. Atualmente, a linha opera com as estações Luz, República, Paulista, Faria Lima, Pinheiros e Butantã. Até 2014, segundo informações, entram em operação as estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, Fradique Coutinho, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia.

Curiosidade: ainda nos projetos de concepção, isso há muitos anos atrás, a meta é que o EPB (Estacionamento e Pátio Belém) localizado ao lado da estação Belém da Linha 3-Vermelha, fosse o pátio de estacionamento e oficinas da Linha 4, e a extensão da linha não seria entre Luz e Vila Sônia, mas sim entre Tatuapé e Vila Sônia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores