segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Governo planeja quase 200 km de metrô até o final da década

Fonte: G1
Imagem: Alexandre Pisciottano


O governo de São Paulo pretende aumentar para 195 km a extensão da malha metroviária até o fim da década. O projeto foi apresentado na tarde desta segunda-feira (15) pelo governador Geraldo Alckmin e faz parte do Plano Plurianual (PPA) 2012-2015.
O PPA prevê para o período R$ 118 bilhões de investimentos – sendo R$ 85 bilhões do governo e R$ 33 de estatais e Parcerias Público-Privadas (PPPs). Desse total, R$ 45 bilhões serão usados no transporte metro-ferroviário – sendo R$ 30 bilhões do governo e R$ 15 bilhões de PPPs.
“Além dos 70 km atuais, vamos entregar mais 30 km de Metrô até 2014 e deixaremos um canteiro de obras de 95 km”, disse Alckmin, durante entrevista no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, na Zona Sul de São Paulo.
Os 95 km restantes, no entanto, ficarão a cargo da próxima gestão. Além do aumento da malha metroviária, outro objetivo do governo é modernizar as composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).
Segundo o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Emanuel Fernandes, se o PPA recebesse nome, seria intitulado PPA da mobilidade. “Melhoria no transporte é melhoria na qualidade de vida do cidadão.”
A construção dos trechos Leste e Norte do Rodoanel Mário Covas, duplicação da Rodovia dos Tamoios, modernização da malha rodoviária, a criação do túnel ligando Santos ao Guarujá, no litoral, e investimento nos aeroportos são alguns projetos que o PPA abrange.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores