quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Carros do Metrô não terão mais divisórias

Fonte: O Estado de São Paulo


Vai ficar um pouco mais fácil encontrar espaço dentro dos trens lotados da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), a partir de 2013. Os novos trens que estão sendo adquiridos para todo o sistema serão como os que servem a Linha 4-Amarela desde o ano passado, sem divisórias entre os carros. Desta forma, um passageiro poderá deslocar-se por toda a composição em busca de lugar.
Haverá 41 trens circulando com essa característica nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás - esta última deve ser a primeira a receber as unidades. Desde os anos 1970, até hoje, o metrô nunca operou trens com essa característica, bastante comum no exterior. A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) tem composições (algumas delas bastante antigas) que permitem a migração entre os carros, como na Linha 12-Safira, ligando o Brás a Poá.
Segundo o edital lançado para a compra de 15 desses trens, as composições terão capacidade para 2,2 mil passageiros, ou seja, mais do que os 2 mil que podem ser levados em cada uma das composições mais recentes da Linha 2. Diferentemente dos 14 trens sem divisória da Linha 4, as composições que vão passar a circular nos próximos anos no restante do sistema continuarão sendo operadas por condutores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores