quinta-feira, 2 de junho de 2011

Metroviários saem de audiência do TRT sem decidir greve

Texto: G1
Imagem: Diego Silva

Após uma audiência de conciliação realizada nesta quinta-feira (2) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em São Paulo, o presidente do sindicato dos metroviários, Altino de Melo dos Prazeres Junior, afirmou não descartar que a categoria cruze os braços nesta sexta-feira (3). O encontro foi uma tentativa de evitar a deflagração de uma greve dos metroviários. A paralisação foi adiada para que se chegue um acordo com a companhia.
Durante a audiência de conciliação desta tarde, segundo ele, uma proposta de aumento real para os metroviários de 2%, além do IPC, da Fipe, que chegou a ser discutida, não foi apresentada. “Nós estamos aguardando essa solução por parte do Metrô de São Paulo”, disse.
Fernandes, no entanto, negou que se tenha discutido reajuste durante o encontro, que durou três horas, na estação Brás, na região central da capital.
Caso a greve seja deflagrada, o desembargador relator Antero Arantes Martins determinou que os funcionários mantenham 100% do funcionamento durante os horários de pico para que o sindicato não seja multado. Para Altino de Melo, o pedido é incompatível com o direito de greve. “Nós vamos recorrer, se for o caso. Não achamos justo. É uma ingerência no direito de greve”, declarou.
O presidente do sindicato afirmou que cabe ao governo do estado evitar que a greve dos metroviários coincida com a dos funcionários da CPTM, que começou nesta quarta-feira (1º). “Queríamos dizer que a responsabilidade de uma greve do Metrô de São Paulo junto com a dos funcionários da CPTM é do governo do estado. Caso queira resolver, é só atender às reivindicações”, afirmou.
Além do reajuste salarial, os metroviários reivindicam um aprimoramento no plano de carreira e aumento no percentual recebido por funcionários que têm risco de vida no exercício de suas funções.
A categoria realizará uma assembleia por volta das 18h para decidir se para ou não a partir desta sexta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores