domingo, 15 de maio de 2011

Estação Pinheiros será inaugurada amanhã

Foto: Ricardo Guimarães (Blog Diário da CPTM)
Texto: Site Metrô

No próximo dia 16, a cidade de São Paulo ganhará mais uma estação de metrô: Pinheiros, que está localizada na rua Capri,145, próxima à Marginal Pinheiros e rua Gilberto Sabino. A estação Pinheiros é a quarta estação da Linha 4-Amarela a entrar em operação comercial e a 62ª estação do sistema metroviário da cidade.

A inauguração da estação Pinheiros não irá alterar a extensão atual da rede metroviária, de 70,6 quilômetros, já que fica no trecho intermediário entre as estações Butantã e Faria Lima. Hoje, a Linha 4-Amarela transporta cerca de 50 mil passageiros/dia, de segunda a sexta-feira (incluindo feriados), das 4h40 às 15h, nas três estações em funcionamento: Paulista, Faria Lima e Butantã.

Também das 4h40 às 15h, a entrada em operação da estação Pinheiros deverá ampliar a demanda da Linha 4-Amarela para cerca de 80 mil usuários/dia.

Integração com a Linha 9-Esmeralda da CPTM e ampliação do horário de funcionamento

Ainda neste semestre, serão concluídas as obras de instalação de passarela, sobre a Marginal Pinheiros, entre a estação Pinheiros da Linha 4-Amarela e a estação Pinheiros da Linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú) da CPTM, que também está em obras, possibilitando a interligação dessas duas estações e a integração das duas linhas. Com esta integração, o horário de operação da Linha 4-Amarela passará das 4h40 à meia-noite, de segunda a sexta-feira, e a demanda diária prevista é de 240 mil passageiros na Linha 4-Amarela.

Com a utilização da Linha 9-Esmeralda da CPTM, o usuário da Linha 4-Amarela poderá acessar gratuitamente a Linha 5-Lilás do Metrô (Capão Redondo-Largo Treze), com transferência na estação Santo Amaro.

Inauguração das estações República e Luz no segundo semestre ampliará funcionamento da Linha 4 aos sábados e domingos

A Linha 4- Amarela, que hoje se integra fisicamente com a Linha 2-Verde, permitindo transferência livre aos usuários entre as estações Paulista e Consolação, será interligada no segundo semestre deste ano também com a Linha 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera – Palmeiras/Barra Funda) na estação República e a Linha 1- Azul (Jabaquara – Tucuruvi) na estação Luz. Com a inauguração das estações República e Luz, a Linha 4-Amarela passará a operar aos sábados e domingos.

No complexo metroferroviário da estação Luz, a Linha 4-Amarela fará conexão com as seguintes linhas da CPTM: 7-Rubi (Luz-Francisco Morato), 10-Turquesa (Luz–Rio Grande da Serra) e 11-Coral/Expresso Leste (Luz– Guaianazes).

A previsão é de que a nova linha metroviária transporte 700 mil passageiros/dia até o final do ano.

Terminal urbano de ônibus

Ao lado da estação Pinheiros da Linha 4-Amarela, a Prefeitura de São Paulo, por meio da SPObras, está implantando um terminal urbano, com previsão de atender 160 linhas de ônibus, e um estacionamento de autos (que ficará sob este terminal), com capacidade para 500 vagas de automóveis.

Primeira PPP do País

A concessionária ViaQuatro, integrante do Grupo CCR, é a responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, no primeiro contrato de Parceria Público-Privada (PPP) assinado no País. São 14 trens (84 carros) para a primeira fase do projeto e até 15 (90 carros) para a segunda fase. Ao longo dos 30 anos de operação, a ViaQuatro investirá mais de US$ 2 bilhões na linha.
O custo da Linha 4-Amarela do Metrô, na primeira fase, é de R$ 3,8 bilhões (incluindo a parcela de US$ 450 milhões da ViaQuatro, referente à compra de 14 trens mais sistemas operacionais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores